bye, bye rice

Ontem consegui, enfim, concluir a primeira panelada de arroz feita na casa nova. O crime aconteceu poco depois de escrever esse post aí de baixo. Assim que publiquei, senti aquela fome característica dos grandes pensadores. Fui na cozinha, abri a geladeira e olha quem estava lá…

Fiz esse arroz no primeiro sábado aqui em casa (e lá se vão 9 dias). Daquele dia pra cá ele já foi refogado algumas centenas de vezes, e esteve acompanhado dos mais variados alimentos: miojo, frango, miojo-quatro queijos, tirinhas de frango, miojo-pizza, linguiça e até macarronada (de miojo). Ontem ele foi finalizado ao lado de um ovo frito esperto.

É impressionante como comida pode durar quando reduzimos a família e passamos o dia fora de casa. É claro que dei a famosa cheiradinha no arroz antes de comer. Não senti nem um odor que caracterizasse uma possível inutilização do bicho. Também observei que não havia nada se mexendo dentro dele. Então, o que temer, né?

Aos que se preocupam com a minha saúde, tenho me alimentado bem (fora de casa). Aqui ainda como pouco, mas quando como acabo caindo nesse cardápio de “homenzarrão desprendado”, e isso explica os 9 quilos adquiridos citados no post abaixo. Mas é tudo fase…logo compro um microondas e entra a fase da lasanha semi-pronta =p.

Grande Abraço

Anúncios

7 comentários sobre “bye, bye rice

  1. Victor

    Miojo salva vidas. Sempre.
    Mas se for fazer um curso de culinária, me chama que eu vou também… vou precisar (espero), em um futuro próximo. =P

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s