O plano

Às vezes, as coisas na vida não acontecem do jeito que nós gostaríamos. Mas isso não é motivo para desanimar, pelo menos não a médio prazo. Eu sei que, na hora, sobem a raiva e a frustração para a cabeça, mas, dez minutos depois, você vê que a vida continua e tem que encontrar ainda razões para sorrir por mais uns 50 anos.

Acho que a chave de tudo é ter paciência. Você tem que acreditar que as coisas não dão só errado para você, elas podem dar certo também. Isso não é um post auto-ajuda, no melhor estilo “O Segredo”, porque, na real, é assim que as coisas acontecem mesmo. Um dia você é o cara e, no outro, sem mais nem menos, você não é ninguém.

Mas, pera lá: e se você acreditar que você é sempre o cara? Independente de como o mundo irá reagir a isso? Será que isso é possível?

Esse é o plano.

Anúncios

5 comentários sobre “O plano

  1. Salve Manauara,
    Como vão as coisas nas terras de além-rio?
    Tô passando pra te chamar pra uma festinha q vai rolar lá no Dazibao. As primeiras informações já estão lá. Você é convidado de honra. Talvez eu faça conexão aí qndo for a RR. Quem sabe a gnt n se v?
    Abraço brow!

    >P4j3ú

  2. Salve Manauara,
    Como vão as coisas nas terras de além-rio?
    Tô passando pra te convidar pra uma festinha que vai rolar no Dazibao. Convidado VIP! Dá uma passada lá e vê qual é…
    Abraço Mano!

    >P4j3ú

  3. Anônimo

    Pode crer. Eu tenho um conto que chama “Andrés” – é sobre um cara que descobre que é homossexual e começa a catar travestis. É muito dark ou pode entrar? =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s