O Fenômeno Kitó

Você conhece o Kitó, amigo leitor? Não lhe culpo se a resposta foi negativa. Ele era, até este domingo, um ilustre desconhecido do futebol amazonense. Craque de um time chamado Penarol. Penarol você conhece, né? Já viu na Libertadores? Não, não…este é do Uruguai, o nosso Penarol fica em Itacoatiara.

Apesar de não ter fama alguma, Kitó joga “qui só”, e marcou um golaço no meu Rio Negro, na rodada do Amazonense deste final de semana. Tanto que o rapaz virou figura de uma votação do Globo Esporte, disputando com ninguém menos que Robinho e Ronaldo.

Kitó está em segundo lugar, perdendo de pouquinho pro Fenômeno corintiano, que também fez um golaço pelo meu Timão. Engraçado que a chance aparecer para o mundo fez com que o Amazonas se mobilizasse de forma incrível, com correntes e mensagens no orkut pedindo voto para o artilheiro.

Isso não se via desde que Milena disputou o paredão do BBB. E você há de convir, sou mais Kitó do que Milena. Por isso também visto a camisa, pois sou Kitó desde pequenininho. E olha que ele ta disputando com um corintiano com o gol que fez no Rio Negro.

Dá-lhe, Kitó

Alternativa Econômica

verdep

A instabilidade política em que o Amazonas vive fez com que nossos parlamentares abrissem os olhos e buscassem empregos alternativos caso percam o mandato.

Irailton Sena, vereador cassado na última segunda-feira, e o deputado estadual Wallace Souza, que vive à eminência de uma cassação por problemas “familiares”, estão deixando a barba crescer pra pleitearem um emprego de Papai Noel em dezembro.

De acordo com as fotos reveladas recentemente pelos meios de comunicação, Wallace nem precisa mais engordar.

Notas e Anedotas

Queda, Penoso – Falta de verba e de autonomia foram os dois argumentos usados por Therezinha Ruiz para justificar sua saída do cargo de secretária municipal de Educação. O tragicômico disso tudo é que, antes mesmo de assumir o cargo de prefeito, Amazonino Mendes fez questão de tentar cortar 30% do orçamento da educação para 2009. Imagina se tivesse conseguido, einh? Quanto a autonomia. Quem manda em uma secretária além do prefeito?  Supersecretários? Donos de empresas de pesquisa? Vai saber!

O Representante – Massami Miki subiu na tribuna da Câmara Municipal de Manaus pra fazer um discurso acalorado, enaltecendo as brilhantes ações do Ministério dos Transportes e garantindo que em breve a lendária BR-319 será concluída. Diante disso, Marcelo Ramos deu um apelido bem gracioso para o nipônico: Líder do ministro Alfredo Nascimento na Câmara.

Parodiando Nomes – Mas Massami não se abala com essas coisas, todos sabem que, além de dorminhoco, o japonês também é bem humorado. Ao fazer a chamada dos vereadores para a sessão, Miki decidiu quebrar o gelo do ato e criou nomes bem legais. O presidente Luís Alberto Carijó virou “Carídjo”. O calouro Wilker Barreto teve que se acostumar com “Wilkis” e o levantador de toadas Arlindo Júnior foi carinhosamente chamado de “Arlindo Djúnior”

O Avesso

avesso1

Amigos,

No ano em que a nova fase do Agridoce completa dois anos, me orgulho em dizer que ganhei um presente muito especial. Há duas semanas entrou no ar uma revista digital orgulhosamente amazonense, O Avesso. Idealizada por Ismael Benigno, o projeto nada mais é do que um conglomerado de blogs, onde o leitor pode encontrar textos, fotos, poesias, contos e diversas outras formas de expressão, num mix único de assuntos.

O time também é de primeira. Além do O Malfazejo de Ismael Benigno, que dispensa comentários, formam o cast do avesso ninguem menos que Anibal Beça, Zémaria Pinto, Claudio Barboza, Astrid Lima, César Wanderley , Daniel Valentim…e por aí vai. Aliás, é nesse ponto que quero chegar. Nosso Agridoce também foi convidado para tocar esse projeto, o que nos enche de orgulho. O blog ainda tá em construção, mas vocês já podem acessar a nova página pelo endereço http://oavesso.com.br/agridoce. Lembrando que esta versão não deixa de existir.

Portanto, meus caros, convido vocês a prestigiarem esse novo espaço virtual, que promete mexer com a cidade de Manaus. Se você está cansado de jornais sem credibilidade, de noticias superficiais, de blogueiros em cima do muro e da mesma lenga-lenga de sempre, venha conhecer esse mundinho virado do avesso e decida em que direção você vai. Eu vou ficando por aqui, mas cheio de orgulho pelo novo trabalho e pela responsabilidade de destacar o Agridoce no meio de tantas feras

Grande Abraço

Notas e Anedotas

Queda, Penoso – Falta de verba e de autonomia foram os dois argumentos usados por Therezinha Ruiz para justificar sua saída do cargo de secretária municipal de Educação. O tragicômico disso tudo é que, antes mesmo de assumir o cargo de prefeito, Amazonino Mendes fez questão de tentar cortar 30% do orçamento da educação para 2009. Imagina se tivesse conseguido, einh? Quanto a autonomia. Quem manda em uma secretária além do prefeito?  Supersecretários? Donos de empresas de pesquisa? Vai saber!

O Representante – Massami Miki subiu na tribuna da Câmara Municipal de Manaus pra fazer um discurso acalorado, enaltecendo as brilhantes ações do Ministério dos Transportes e garantindo que em breve a lendária BR-319 será concluída. Diante disso, Marcelo Ramos deu um apelido bem gracioso para o nipônico: Líder do ministro Alfredo Nascimento na Câmara.

Parodiando Nomes – Mas Massami não se abala com essas coisas, todos sabem que, além de dorminhoco, o japonês também é bem humorado. Ao fazer a chamada dos vereadores para a sessão, Miki decidiu quebrar o gelo do ato e criou nomes bem legais. O presidente Luís Alberto Carijó virou “Carídjo”. O calouro Wilker Barreto teve que se acostumar com “Wilkis” e o levantador de toadas Arlindo Júnior foi carinhosamente chamado de “Arlindo Djúnior”

Cara Chato

marcelo

Ontem assisti mais uma sessão na Câmara Municipal de Manaus e constatei: Que cara chato é esse Marcelo Ramos, einh?

Ele não deixa os outros vereadores em paz, nem permite que a câmara entre na tranquilidade de quem representa uma cidade sem problemas e com uma administração municipal excelente. No ápice da incoveniência, fica lembrando o tempo todo que a tal reforma administrativa da prefeitura (aprovada pela CMM) é cheia de falhas e irregularidades.

Gritando o tempo todo, Marcelo denuncia o descaso da limpeza pública, os cortes de verba da educação, a demissão em massa de funcionários e o abandono da saúde por parte da nova administração. TSC, TSC.

Marcelo foi mais longe nesta segunda-feira, disse que o sr. Amazonino “Enrolando” Mendes deve tomar posse do seu cargo de prefeito de uma vez,  e parar de inventar desculpas para justificar a ausência de um gestor nesses 100 primeiros dias de administração. Que absurdo, gente.

O cara teve a coragem de dizer que os vereadores não estão lá para fazer análises de administrações  passadas, e sim cumprir o papel de legisladores. Pior de tudo é que esse chato não faz nada mais do que comentar os deslizes da base aliada, e as promessas “supostamente” nãocumpridas do mandatário.

Pós Post: Na foto o famigerado vereador fica fazendo gestos obscenos para seus colegas de legislatura. As meninas da Rio Negro ficaram horrorizadas.

Sarcasmo Mode On