Porque twittar seus negócios?

Longe dos inconvenientes “spams” que lotam as caixas de e-mails de qualquer usuário da internet, empresas “antenadas” nas inovações tecnológicas já elegeram as redes sociais virtuais como a grande aliada na hora de apresentar seus produtos e serviços ao público. O sucesso é comprovado por especialistas, que colocam as marcas com perfil no Twitter e em outras redes de relacionamento como as mais lembradas pelo internauta. Empresas locais já apostam nesta estratégia e “embarcam” nesta onda virtual atrás de resultados.

Não existe um levantamento exato do número de empresas que utilizam estas redes sociais no país, mas uma pesquisa do Núcleo de Inteligência Digital (iDigo) analisou 50 marcas de diferentes segmentos dos setores de comércio e serviços, e constatou que 42% delas possuem um perfil no Twitter. De acordo com o consultor de mídias sociais do núcleo, Cláudio Torres, o percentual se reflete em outras redes presentes na internet, como o Orkut e o Facebook.

Apesar disto, não há como negar que o Twitter ocupou um espaço de destaque entre o público comercial. Não é para menos, a pesquisa do iDigo comprovou que a presença de uma marca na rede de microblogs chega a dobrar o número de mensagens publicadas sobre esta empresa. E para o empresário que ainda duvida da importância de criar um perfil para o seu negócio, o levantamento apontou que 74% das mensagens sobre marcas incluem o nome das corporações que já se cadastraram no Twitter.

Entre as marcas pesquisadas pela iDigo, a média de seguidores (usuários que acompanha as atualizações) é de três mil em cada perfil. O levantamento também constatou que, em média, 11,2% das mensagens sobre marcas são retransmitidas pelos consumidores, porém, o setor de cosméticos está bem acima deste percentual. Outra constatação é de que, há cada 33 segundos, há uma nova mensagem no twitter mencionando uma das marcas analisadas.

Para Cáudio Torres, os resultados são positivos porque não existe lado negativo na comunicação entre empresas e consumidor. “A questão não é se o consumidor fala bem ou mal, pois o consumidor fala sobre a sua experiência de consumo. Assim, se uma empresa aumenta as conversas sobre a sua marca nas redes sociais, ela sai sempre ganhando”, avaliou o especialista. Torres acredita que as conversas negativas em torno da marca podem ajudar a empresa a melhorar seus produtos e serviços.

Estratégia Importante

Mas, para isto, o consultor recomenda que as empresas sigam uma espécie de código de conduta para o bom desempenho nesta rede social. A principal dica é criar uma relação agradável com o consumidor, evitando a linguagem varejista que já é tão explorada em outras mídias. “As empresas tem que parar de tentar se vender. Uma boa opção para isto é fornecer ao consumidor conteúdos relevantes, mantendo uma espécie de conversa com os outros usuários”, indica.

Um exemplo de boa utilização desta estratégia apresentado por Torres está no ramo de alimentos. “Se voe é fabricante de algum produto deste segmento, pode fornecer receitas, e obter novas formas de usar seus produtos através de sugestões dos consumidores. Se sua empresa é um restaurante, você pode dar dicas de lazer e diversão próximas ao seu estabelecimento”, comentou. Tomando estes cuidados, o consultor acredita que o crescimento nas vendas virá por consequencia.

Quem já aposta nesta estratégia é a Press Comunicação Estratégica, que presta serviço de assessoria para diversas empresas locais. As sócias-proprietárias, Betsy Bell e Loredana Kotinski, explicou que a empresa criou uma conta própria nas redes sociais  para divulgar informações sobre os seus assessorados. “A Press utiliza seu próprio perfil e, a partir daí, divulga as novidades dos clientes. A idéia é gerar informação e não fazer merchandising”, comentou Bell.

“Postamos o que é notícia, informação, e que vai ser de interesse do público geral”, disse Kotinski. Ela informou ainda que a Press utiliza, além do Twitter, o Orkut, o Msn e o Skype para estabelecer esta comunicação com o público. “Para manter o consumidor mais informado, temos ainda um site com dois blogs, onde são publicadas as informações de destaque”, completou. Ela admitiu, porém, que o Twitter tem sido o mais eficiente entre todas as mídias.

Promoções Via Twitter

Outra empresa que também utiliza o Twitter com frequência no dia a dia é a rede de livrarias Saraiva. Com uma filial em Manaus, o perfil da empresa na rede social (@saraivaonline) já conta com mais de 48,6 mil seguidores. Além das ofertas, que são atualizadas todos os dias, por meio do Twitter a empresa realiza promoções e sorteios para os usuários. Um dos que mais estimulou a interação com os consumidores foi o jogo de perguntas e respostas que dava prêmios aos ganhadores.

Mas nem só de Twitter vive a Saraiva. Conforme informou a assessora de imprensa da empresa em Manaus, Andréia Mayumi, a livraria tem diversas outras ferramentas virtuais. “Temos o blog, os e-mails e o site Saraiva Conteúdo, que coloca à disposição do usuário diversas fotos, vídeos e entrevistas com escritores, cantores e outros artistas nacionais”, concluiu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s