Humor negro e laranjado

Com o falecimento do desembargador Kid Mendes nessa quinta-feira, a audiência entre o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), João Simões, e representantes dos garis demitidos pela prefeitura teve que ser remarcada.

No encontro, os ex-servidores municipais pediriam auxilio ao tribunal para cobrar da prefeitura o cumprimento de uma liminar que impede a demissão de funcionários temporários com mais de cinco anos.

Frustrados, os garis abandonaram a frente do TJAM e programaram uma manifestação para a próxima segunda-feira, na entrada da secretaria municipal de limpeza pública. No entanto, o clima foi de humor…ainda que negro.

“Estamos com azar mesmo. Eu rezei tanto para o Amazonino morrer e a praga acertou o coitado do desembargador”, lamentou uma das garis que esperavam uma resposta positiva por parte do tribunal.

O humor pode até ser considerado um tanto quanto pitoresco. Mas o que podemos esperar de quem acabou de perder o emprego de forma tão humilhante, de quem foi chamado de bêbada e escorraçada do trabalho, de quem tem filhos pra criar e não sabe como vai alimentá-los a partir de agora? Se tem humor, já é uma vitória

Anúncios

2 comentários sobre “Humor negro e laranjado

  1. Hugo Morales

    Camarada, tu blog está muy bien preparado! A partir de ahora acceso a todos los días. Felicitaciones.
    ¡viva la revolución!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s