Ah, se a moda pega!

A moda fashion despojado já “pegou” na Câmara Municipal de Manaus (CMM). Os ternos alinhados e os sapatos bem engraxados deram lugar a calças jeans desbotadas e aos tênis surrados. Da vestimenta tradicional, ficaram apenas o blazer e a gravata, que são artigos obrigatórios para todo vereador. Aí o leitor pergunta: Que nova tendência da moda é essa? Simples, meus queridos. É a tal da “campanha eleitoral”.

É tenso, amigo leitor. O nível frenético de campanha exige a otimização total do tempo. Nada de passar em casa para almoçar, trocar de roupa e tirar uma sesta. O lance é sair para trabalhar vestido com o uniforme de guerra, comer a ração dos soldados e partir para a batalha o mais rápido possível.

Aliás, a guerra da campanha tem terrenos bem mais hostis que os habitualmente freqüentados pelos vereadores. Na hora de subir e descer barranco, pisar na lama e escalar ladeiras esburacadas, o bom é estar com o tênis guerreiro e a calça jeans quase desfiando. Há quem use até bota com ponta de ferro pra chutar cachorro na periferia.

Mas eu ´dou parabéns aos vereadores que se adaptaram ao ritmo da campanha sem esquecer do trabalho na CMM. Pior são aqueles que optaram por nem aparecer na Casa durante a manhã, ou chegar no finalzinho da sessão só pra pegar a presença. Vale lembrar que, dos 38 vereadores, 19 disputam um cargo eletivo este ano.

Há quem consiga ficar de fora destes dois campos de crítica que o texto toma. A vereadora Vilma Queiroz, por exemplo, decidiu tirar licença da CMM no período de eleição. Justa do jeito que ela é, abriu mão até do seu salário. O gabinete da vereadora, no entanto, continua funcionando com toda a verba disponível. Ah, se essa moda pega…

Anúncios